Scot Consultoria: Alta nas cotações das fêmeas nas praças paulistas

Publicado em 09/04/2021 16:56 316 exibições

Rodrigo Tannus de Queiroz

engenheiro Agrônomo

Scot Consultoria

A depressão na oferta de boiadas continua ditando o ritmo do mercado.

Em São Paulo, o preço do boi gordo ficou estável na comparação diária e permanece nos R$317,00/@, preço bruto e a prazo, entretanto, a cotação  da vaca e da novilha gordas para abate subiu R$1,00/@, negociadas em R$291,00/@ e R$306,00/@, respectivamente, também nas mesmas condições. 

Para os animais mais jovens, que são destinados à exportação, a referência está em R$320,00/@, preço bruto e à vista, contudo já houve negócios em R$325,00/@, também nas mesmas condições.

Paragominas - PA

Na região de Paragominas, no Pará, as cotações do boi gordo e da novilha gorda subiram na comparação feita dia a dia.

O boi gordo está sendo negociado em R$299,00/@, preço bruto e a prazo, ou seja, variação positiva de 1,0%. Já a novilha gorda para abate subiu R$1,00/@ e está apregoada em R$288,00/@, também nas mesmas condições.

Atacado com osso

O mercado atacadista de carne bovina com osso subiu nessa sexta-feira, na comparação com a quinta-feira (08/4).

As carcaças dos animais castrados e inteiros subiram 1,9% cada, na comparação diária, e estão sendo negociadas por R$19,62/kg e R$18,83/kg, respectivamente. Dentre as peças, o dianteiro 1x1 para distribuição foi o que mais subiu,2,9%, e está sendo comercializado por R$18,00/kg.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário