Scot Consultoria: Recuo na cotação do boi gordo em São Paulo

Publicado em 11/05/2021 17:00 259 exibições

Rodrigo Queiroz

engenheiro agrônomo

Scot Consultoria

Com as escalas relativamente melhores, parte dos frigoríficos abriram o dia ofertando menos e, consequentemente, travando as negociações.

Negócios em R$306,00/@, preço bruto e a prazo, no boi gordo para o mercado interno, se concretizaram, um recuo de R$1,00/@ na comparação feita dia a dia. As cotações das fêmeas ficaram estáveis.

Bovinos jovens, com até 4 dentes, apresentam um ágio de até R$9,00/@.

Sudeste mato-grossense

A maior oferta de animais vem pressionando as cotações.

O boi gordo está apregoado em R$299,00/@, preço bruto e a prazo, queda de R$1,00/@ na comparação feita dia a dia. A vaca e a novilha gordas permaneceram com as cotações estáveis. 

Minas Gerais – Belo Horizonte

As cotações das fêmeas caíram na comparação diária, reflexo do baixo escoamento de carne no mercado interno e maior oferta dessas categorias.

As cotações da vaca e da novilha gordas caíram R$1,00/@ e R$2,00/@, respectivamente, na comparação feita dia a dia e estão sendo negociadas em R$285,00/@ e R$286,00/@, preços brutos e a prazo, nesta ordem.

O boi gordo manteve-se em R$295,00/@, preço bruto e a prazo.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário