Scot Consultoria: Manutenção dos preços da arroba em São Paulo

Publicado em 22/06/2021 16:54 141 exibições

Rafael Suzuki

médico veterinário

Scot Consultoria

As escalas de abate mais alongadas, atendendo em média 7 a 8 dias, e alguns frigoríficos fora das compras, sustentam o cenário de preços estáveis no comparativo diário. 

Rio Grande do Sul

Com o escoamento de carne bovina lento e oferta enxuta, há indústrias frigoríficas com os abates em dias alternados e, até, férias coletivas foram anunciadas na região. Os preços, no comparativo diário, seguem estáveis, mas firmes. O boi, vaca e novilha gordos estão cotados, respectivamente, em R$11,45/kg, R$10,70/kg e R$10,90/kg, preços brutos e a prazo. 

A cotação do boi gordo no estado é a mais alta do Brasil, com um diferencial de +8,4% em relação a São Paulo. 

Norte de Minas

Alta de R$2,00/@ e de R$3,00/@ para vacas e novilhas gordas, respectivamente. A cotação do boi gordo segue estável.

O boi, vaca e novilha gordos são negociados, respectivamente, em R$306,00/@, R$295,00/@ e R$298,00/@, preços brutos e a prazo.

Exportação

Até a terceira semana de junho, foram exportadas 97,5 mil toneladas ou, 7,5 mil toneladas/dia, de carne bovina in natura, negociada, em média, US$5,16 mil/t. Incrementos de 3,8% e 20,1%, frente a junho de 2020, em relação a média diária e preço médio por tonelada, respectivamente. 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário