Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 08/03/2010 17:00 1125 exibições

Lygia Pimentel
médica veterinária
Scot Consultoria

O mercado segue firme, mesmo após várias altas registradas na semana passada.

Em São Paulo as escalas atendem 3 a 4 dias, em média. Em relação ao mesmo período do ano passado, elas encurtaram pela metade (as escalas atendiam cerca de 6 dias em março de 2009), mostrando que a oferta de animais está realmente enxuta. É possível que haja animais sendo retidos nos pastos, já que a pluviosidade tem sido boa nas regiões produtoras. Reflexo disso é que alguns frigoríficos relatam a chegada de animais pesados (mais de 20 arrobas).

Os preços estão firmes em São Paulo, variando entre R$75,00 e R$78,00/@, a prazo, livre do imposto. Há grande quantidade de animais provenientes dos estados vizinhos.

No Mato Grosso do Sul, o mercado também está comprador. Já existem ofertas de R$74,00/@, a prazo, livre do imposto em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. O início de março também trouxe a necessidade de recompor os estoques de carne, o que aumentou a demanda, deixando o mercado mais firme.

No Sudoeste do Mato Grosso os frigoríficos trabalham com escalas um pouco mais confortáveis, mas foi necessário oferecer valores mais altos para que isso acontecesse. Hoje o boi da região é negociado por R$70,00/@, a prazo, livre do imposto.

O mercado atacadista de São Paulo trabalha com preços estáveis após um fim de semana com vendas regulares.

Clique aqui para acessar as cotações do boi gordo.<?XML:NAMESPACE PREFIX = O />


Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário