Boi Gordo: Pressão de baixa continua, mas perdeu a força em algumas praças pecuárias

Publicado em 11/05/2011 17:29 665 exibições

Alex Santos Lopes da Silva e Douglas Coelho
zootecnistas
Scot Consultoria

A pressão de baixa continua, mas perdeu a força em algumas praças pecuárias.

A oferta não aumentou tanto quanto era esperado.

Em São Paulo a referência se manteve em R$100,00/@ à avista, livre de funrural, mas as ofertas de compra começaram a aumentar e hoje alguns frigoríficos compram boiadas por até R$101,00 nas mesmas condições.

Ao mesmo tempo existem ofertas de até R$3,00/@ abaixo, mas o mercado trava nesses valores.

A vaca gorda no estado é cotada em R$90,00/@, à vista, livre de imposto.

As escalas de abate atendem, em média, 3 a 4 dias.

Em Pelotas-RS, Cuiabá-MT, Oeste do Maranhão e Sul do Tocantins as empresas conseguiram comprar um pouco melhor nos últimos dias e os preços recuaram.

No mercado atacadista com osso os preços estão estáveis mas a demanda está devagar e ajustes são esperados para os próximos dias, o que pode imprimir maior pressão ao mercado do boi gordo.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário