Boi Gordo: Pressão de alta continua no mercado

Publicado em 08/07/2011 17:24 e atualizado em 09/07/2011 15:58 1867 exibições
por Gustavo Adolpho Maranhão Aguiar, da Scot Consultoria


Sexta-feira com pressão de alta no mercado do boi gordo.

Os frigoríficos de maior porte já contam com alguma ajuda da oferta de gado confinado para compor suas escalas, mas, de maneira geral, as programações de abate ainda estão curtas.

Em São Paulo a escala média é de três dias.

Houve reajuste de preço em alguns estados, como Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Tocantins, por exemplo.

No Sul de Goiás, por exemplo, a referência subiu para R$90,00/@, a prazo, livre de imposto.

A grande reclamação da indústria é quanto ao mercado da carne, que não demonstra reação.

Hoje os preços ficaram estáveis para todas as peças no mercado atacadista de carne bovina com osso, com o boi casado de animais castrados cotado em R$5,93/kg.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário