Boi Gordo: Mercado segue determinado pela pequena disponibilidade de animais terminados

Publicado em 04/08/2011 16:59 e atualizado em 05/08/2011 16:36 1188 exibições
Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

O mercado segue determinado pela pequena disponibilidade de animais terminados. As ofertas de compras são bem variadas em todas as praças do país.

A dificuldade na compra de animais deixa o mercado especulado.

Goiás foge um pouco deste cenário. O bom volume de boiadas confinadas confere uma situação mais privilegiada em relação à oferta.

Apesar disto os preços no estado se mantém estáveis, em função da grande demanda, principalmente de compradores paulistas.

Algumas indústrias de São Paulo, aliás, saíram das compras no estado e só compram animais de praças vizinhas.

Existe grande dificuldade para negociar boiadas em São Paulo. Os preços de referência se mantêm estáveis em R$100,50/@, à vista e R$102,00/@, a prazo, ambos livres de imposto, embora existam frigoríficos ofertando valores que variam de R$2,00/@ acima ou abaixo.

Os reajustes na tentativa de alongar as escalas continuam. No Norte do Mato Grosso e no Espírito Santo houve alta de R$1,00/@.

No mercado atacadista de carne bovina com osso, os estoques curtos e a demanda aquecida elevaram os preços do boi casado de animal castrado para R$6,45/kg e de animais inteiros para R$6,20/kg.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário