Café: Bolsa de NY encerra semana acumulando alta de 675 pontos no vencimento setembro

Publicado em 25/07/2014 18:01 648 exibições

O mercado futuro de café trabalhou mais uma semana em alta. Os contratos de café com vencimento em setembro próximo na ICE Futures US em Nova Iorque, principal termômetro do mercado de café, acumularam 675 pontos de alta no período. 

Com o avanço da colheita, a quebra da safra brasileira de café arábica vai se confirmando e qualquer novo problema climático que possa prejudicar ainda mais o resultado da produção deste ano e do próximo, provoca uma imediata reação dos indicadores em Nova Iorque. 

A frente fria que chegou hoje sobre os cafezais do sudeste brasileiro, trazendo chuvas e redução das temperaturas, assustou os operadores levando a mais uma semana de alta na ICE. As precipitações nas regiões produtoras do norte do Paraná e do sudeste brasileiro prejudicarão e atrasarão as atividades de colheita até o início da próxima semana, mas não terão volume suficiente para superar a média mensal de julho.

Preocupou também o mercado a possibilidade das chuvas fora de época estimularem floradas antecipadas nos pés de café, aumentando ainda mais as perdas na safra brasileira 2015/2016. No meio da estação de inverno, período de seca, muitas das flores que abrirem fora de hora poderão abortar, não gerando frutos para a safra 2015/2016. As que vingarem, frutificarão muito cedo, prejudicando a qualidade da próxima safra.

O mercado físico brasileiro continua calmo, com um volume de negócios baixo para esta época do ano. Os cafeicultores estão voltados para os trabalhos de colheita e benefício, preparando e começando a entregar os lotes vendidos antecipadamente no segundo semestre do ano passado e nos primeiros meses de 2014. Poucos se aventuram a fazer novas vendas nas bases oferecidas atualmente pelos compradores.

Assustados com a quebra da produção e com o estado dos cafezais consideram que os preços ofertados não cobrem as perdas que tiveram este ano e que provavelmente também terão no próximo. 

Até o dia 24, os embarques de julho estavam em 1.434.626 sacas de café arábica, mais 211.575 sacas de café conillon somando 1.646.201 sacas de café verde, mais 120.435 sacas de café solúvel, totalizando 1.766.636 sacas embarcadas, contra 1.799.919 sacas no mesmo dia de junho. Até o dia 24 os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em julho totalizavam 2.349.904 sacas, contra 2.247.943 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 18, sexta-feira, até o fechamento de sexta-feira, dia 25, subiu nos contratos para entrega em setembro próximo, 675 pontos ou US$ 8,93 (R$ 19,90) por saca. Em reais, as cotações para entrega em setembro próximo na ICE fecharam no dia 18 a R$ 507,64 por saca e sexta-feira, dia 25 a R$ 527,99 por saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em setembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 85 pontos. 

Fonte:
Escritório Carvalhaes

0 comentário