Café: Semana calma e de poucos negócios sem notícias ou boatos novos

Publicado em 05/12/2014 17:51 201 exibições

Tivemos uma semana calma e desinteressada para os negócios de café. Em Nova Iorque, sem notícias ou boatos novos, a ICE Futures US oscilou menos, acompanhando o movimento de fundos e a variação do dólar frente ao real. 

O ano vai chegando ao final e os operadores, antes de se posicionarem, parecem aguardar o desenvolvimento dos cafeeiros e seus frutos para a próxima safra brasileira de café. Quem acompanha de perto o mercado sabe que antes de meados de janeiro não é possível estimativas que tenham um mínimo de credibilidade. Depois, como ficou claro no início de 2014, teremos de aguardar as chuvas de verão para sabermos o volume aproximado de café que colheremos em 2015. 

Os agrônomos informam que os estragos devido à histórica seca de 2014 são irrecuperáveis para nossa safra 2015. A normalização das chuvas apenas evitará perdas ainda maiores com a queda de chumbinhos e o menor crescimento dos frutos.

O mercado físico brasileiro acompanhou o desinteresse das bolsas de futuro. Os cafeicultores recusam as bases oferecidas pelos compradores e os negócios se resumem às vendas de última hora para cumprir compromissos financeiros dos produtores. Muitos encerraram o ano e só pretendem falar em vendas em 2015. Algumas empresas exportadoras já informaram ao mercado que entrarão em férias coletivas nas duas últimas semanas do ano.

Até o dia 4, os embarques de dezembro estavam em 207.309 sacas de café arábica, mais 14.387 sacas de café conillon somando 221.696 sacas de café verde, mais 14.238 sacas de café solúvel, totalizando 235.934 sacas embarcadas, contra 288.513 sacas no mesmo dia de novembro. Até o dia 4 os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em dezembro totalizavam 597.397 sacas, contra 525.471 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 28, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 5, caiu nos contratos para entrega em março próximo, 735 pontos ou US$ 9,72 (R$ 25,23) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam no dia 28 a R$ 637,75 por saca e sexta-feira, dia 5, a R$ 618,46 por saca. Hoje nos contratos para entrega em março a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 235 pontos.

Fonte:
Escritório Carvalhaes

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário