Café: Com alta em NY o mercado físico brasileiro apresentou maior volume de negócios fechados no início da semana

Publicado em 23/09/2016 17:45
135 exibições
Os contratos futuros de café arábica na ICE Futures US, em Nova Iorque, apresentaram ganhos nesta semana. Os com vencimento em dezembro próximo acumularam alta de 300 pontos no período, fechando hoje a US$ 1,5140 por libra-peso. Subiram forte na segunda e na terça-feira, por fatores técnicos e ordens automáticas de compra após o rompimento da linha de resistência a US$ 1,5 por libra-peso, perdendo parte dos ganhos nos demais dias. Com a alta no início da semana, o mercado físico brasileiro apresentou-se mais ativo até quarta-feira, com um volume maior de negócios fechados. Ontem e hoje, com Nova Iorque trabalhando no campo negativo, os compradores rebaixaram o valor de suas ofertas e os produtores se retraíram, aguardando um novo movimento de alta na ICE. 

A forte alta da segunda e terça-feira foi imediatamente bombardeada com os factoides de sempre. O mais recente é: “Os armazéns brasileiros estão cheios de café”. Não poderia ser diferente no final da colheita do maior produtor de café do mundo. Se não estivessem cheios nesta etapa de nosso ano-safra, os preços do café já teriam explodido. O problema é que sem estoques de passagem em mãos da iniciativa privada, estamos “raspando” o que resta dos estoques oficiais (menos de um milhão de sacas de café, as mais novas com nove a dez anos de estocagem) e a safra que encheu nossos armazéns ficou ao redor das 50 milhões de sacas. Esta semana, a Companhia Nacional de Abastecimento, em seu terceiro levantamento sobre nossa safra 2016, estimou que o País colheu 49,64 milhões de sacas de 60 quilos de café beneficiado. 

Nos dois últimos anos o Brasil bateu sucessivamente seu recorde histórico de exportação com mais de 36 milhões de sacas embarcadas em cada ano, e consumiu ao redor de 20,5 milhões de sacas por ano. Em dois anos usamos aproximadamente 114 milhões de sacas, média de 57 milhões por ano. Nossa próxima safra de arábica será de ciclo baixo, a seca continua no Espírito Santo e sul da Bahia e a próxima safra de conilon dessas regiões já está comprometida. É impossível concordar com a premissa de que os preços do café estão altos. 

O racionamento de água começou às 12h de ontem, quinta-feira, dia 22, em 58 bairros da Grande Vitória, no Estado do Espírito Santo. Essa é a primeira vez, na história do estado, que a capital passa por racionamento de água. Os dois principais rios que abastecem a Grande Vitória - Santa Maria da Vitória e Jucu - estão abaixo do limite considerado crítico. A pior estiagem vivida pelo Espírito Santo em 80 anos tem causado problemas no abastecimento, além de prejuízos na agricultura e na agropecuária do estado. Atualmente 20 municípios estão em situação extremamente crítica por causa da falta de água (informação do G1 – Globo). 

Nesta semana, foi realizada, em Londres, Inglaterra, a 117ª Sessão do Conselho Internacional do Café. O brasileiro Robério Silva foi reconduzido ao cargo de diretor executivo da OIC por mais dois anos e meio, após o vencimento de seu contrato, em 30 de setembro de 2016. O Conselho Internacional do Café reconheceu os importantes resultados alcançados pela Organização durante a sua gestão, no período de 2012 a 2016, principalmente no que diz respeito à ampliação de sua abrangência e representatividade. Onze novos países membros ingressaram na OIC nesse período, em que também foram realizadas reformas administrativas que levaram a maior eficiência e economia nas ações institucionais. 

Na última quarta-feira, dia 21 de setembro, o Governo Federal publicou o Decreto nº 8.852, que cria o Departamento de Café, Cana de Açúcar e Agro energia. Na prática, esse decreto recriou o “Departamento do Café”, uma estrutura própria para o café dentro do MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que havia sido extinta pela administração da ex- presidente Dilma Rousseff. 

Até dia 22, os embarques de setembro estavam em 776.545 sacas de café arábica, 21.258 sacas de café conilon, mais 99.645 sacas de café solúvel, totalizando 897.448 sacas embarcadas, contra 1.393.266 sacas no mesmo dia de agosto. Até o mesmo dia 22, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em setembro totalizavam 2.073.966 sacas, contra 2.152.032 sacas no mesmo dia do mês anterior. 

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 16, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 23, subiu nos contratos para entrega em dezembro próximo 300 pontos ou US$ 3,97 (R$ 12,85) por saca. Em reais, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 16 a R$ 643,88 por saca, e hoje dia 23, a R$ 648,28 por saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 385 pontos. 
Fonte Escritório Carvalhes

Nenhum comentário