FEIJÃO: Preto tem mercado com baixo volume de negócios

Publicado em 06/02/2013 16:07
962 exibições
Feijão carioca: Nesta manhã na bolsinha houve oferta de apenas 15.500 sacas com sobras de  10.000 sacas. As referências foram: R$ 240 para nota 9,5; R$ 220,00 para nota 8,5 e R$ 200,00 para nota 8.

Feijão preto: O feijão preto tem um mercado com baixo volume de negócios. Mesmo assim o impacto da alta do carioca, associado com o final da colheita da primeira safra, pressiona as cotações. Ontem não havia ofertas em vários pólos de produção, no Paraná, por exemplo. O produtor pensa muito antes de vender, afinal colheu pouco. A referência permanece R$ 145/150 no porto de Paranaguá e R$ 140 o nacional FOB Paraná. 
Na  Argentina a situação não é a ideal.   Muito quente a mínima 26ºC e máxima de até 41ºC. Está atrasando o plantio em grande parte. Pouca chuva faz com que desistam da soja e mudem para feijão preto, mas não há semente para todos.



Clique aqui para ampliar!

Tags:
Fonte: Correpar

Nenhum comentário