Feijão: As referências do nota 9,5 R$ 165, nota 8 R$ 125 e o feijão preto R$ 190,00

Publicado em 14/04/2014 16:00 740 exibições

Feijão Carioca: Grande parte dos empacotadores não esperam muito desta curta semana de meio de mês. A ideia é se subir “tirar o pé”. As vendas nas gôndolas estão abaixo da média. O consumidor não tem adquirido a quantidade normal de todos os produtos alimentícios básicos. Na última sexta-feira os preços continuaram estáveis nas regiões produtoras. O carioca nota 7/7,5 R$ 75/85 no PR, SC, RS, SP, MG, GO. Nesses mesmos estados o produto nota 8 teve como referência R$ 120/130 e o nota 9 ou melhor permanece sendo colhido próximo a Brasília e a referência foi R$ 140/145. Na bolsinha houve entrada de cerca de 32.000 sacos com sobras de 25.000 as 07h30min. As referências foram para o nota 9,5 R$ 165,00; nota 8,5 R$ 140,00; nota 8 R$ 125,00 e nota 7 R$ 105,00. 

Feijão Preto: O mercado do feijão preto segue muito calmo. Nas fontes, apenas o feijão da primeira safra que está em armazéns são negociados. Contudo, com a retração dos empacotadores as referências continuam em R$ 150/160 FOB fazenda. O feijão preto permanece com a referência de R$ 190 na capital paulista.

Confira mais informações sobre o mercado no site da Correpar

Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário