Feijão: Foram ofertadas 12.000 sacas de feijão comercial e não houve negócios

Publicado em 04/09/2014 16:00 317 exibições

Nenhum especulador ou produtor se arriscou a mandar feijão para São Paulo assim, havia a sobra de ontem, 12.000 sacos só de feijão comercial, sem interessados. Óbvio que quem precisa de feijão busca nas fontes diretamente e a grande maioria que se sujeita a comprar ali busca o prazo. Os maiores empacotadores estão apenas como observadores. Os volumes informados pelos operadores do Brás refletem muitas vezes interesses dos compradores. Se baixam os preços em São Paulo, conseguem forçar o produtor a vender mais baixo. Não há pregão, leilão nem nada parecido. Não há a mínima transparência. Assim defendemos que o mais importante é o que acontece nas fontes.

Saiba mais sobre o mercado de feijão no informativo da Correpar SÓ FEIJÃO.

Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário