Feijão: Oferta hoje no Brás foi de 8.000 sacas, não houve venda e preços são nominais

Publicado em 26/09/2014 16:00 541 exibições

Antigamente, sexta-feira era o dia em que os operadores do Brás trabalhavam bem. Desde que os empacotadores passaram a comprar 99% do seu uso no campo, não precisaram mais se abastecer para empacotar na sexta para atender as entregas de segunda-feira. Assim tem sido a muitos anos um dia morto. Nem quem acredita em saci pererê e na Dilma, acredita que tenha ficado hoje caminhões parados com feijões comerciais aguardando a segunda-feira para vender. Se é que existe esta mercadoria, ela está descarregada e portanto não sobre-rodas. O saldo ofertado hoje foi de 8.000 sacas e não houve venda de nada. Os preços da planilha hoje são todos nominais.

Saiba mais sobre o mercado de feijão no informativo da Correpar SÓ FEIJÃO.

 

Tags:
Fonte:
Correpar

0 comentário