Feijão: Mercado operou com as sobras de ontem; restaram 10 mil sacas no Brás

Publicado em 25/03/2015 17:00 114 exibições

O maior volume colhido em Santa Catarina e Rio Grande do Sul faz a cotação ter forte recuo. Na manhã de ontem, os produtores pediram R$ 130, mas aconteceram negócios por até R$ 120, durante o dia, para feijão nota 8,5. Este comportamento dos preços deixa produtores do Paraná e de Minas apreensivos, afinal estão às vésperas de iniciar a colheita da segunda safra. Em Castro, feijão levemente passado no secador tem como referência R$ 100/110.

BOLSA DE FEIJÃO DO BRÁS

Saiba mais sobre o mercado de feijão no informativo da Correpar SÓ FEIJÃO.

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário