Feijão: Estima-se colheita de 11,5 milhões de sacas no Brasil na segunda safra

Publicado em 04/05/2015 16:00

Avança a colheita da segunda safra. No total, estima-se a colheita de 11,5 milhões de sacas no Brasil durante essa segunda safra. No Paraná, já há em frutificação aproximadamente 45% das lavouras. Aproximadamente 35% já está colhido, ou seja, aproximadamente 2,4 milhões de sacas das 6,8 milhões de sacas esperadas para essa safra no Paraná. Entre chuvas e temperaturas mais baixas, a referência ainda permanece, para feijões nota 8,5, em  R$ 130,00/135,00 e feijões nota 9 até R$ 140,00.  Nada está ficando estocado, vai tudo para consumo imediatamente, salvo aquele produto que precisa ser secado. No Rio Grande do Sul, para esta semana, prevê-se as primeiras geadas nas áreas mais altas. Em Minas Gerais, a colheita de 2,3 milhões teve início na região de Unaí. Já em Goiás, o volume estimado é de 420 mil sacas, referências entre  R$ 140,00/150,00. No Distrito Federal, os valores pagos pelos empacotadores está entre R$ 140,00/150,00, mas a demanda já começa a cair após um maior volume de vendas para o varejo na semana passada. A novidade é que no Mato Grosso já começam a dessecar o feijão-carioca na região de Sorriso e naquele estado espera-se que se colha 1,5 milhões de sacas.

Bolsa de feijão do Brás

Saiba mais sobre o mercado de feijão no informativo da Correpar SÓ FEIJÃO

 

 

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário