Feijão: O mercado está um pouco mais calmo, mas não significa queda nos preços

Publicado em 01/08/2016 17:29
347 exibições
Durante a sexta-feira, o mercado esteve um pouco mais tranquilo na área de produção. Isto não significou diminuição dos preços praticados nas lavouras.

Em Minas Gerais e em Goiás, os preços permaneceram entre R$ 400,00/420,00 por saca de 60 quilos.

Já no Mato Grosso, os preços oscilaram entre R$ 380,00/390,00. Estes preços foram sempre para os melhores tipos, ou seja, nota 9 acima e boa peneira.

Segundo os empacotadores, eles esperam que, durante esta semana, com a entrada dos salários para os consumidores, haja o maior movimento do mercado.

Segundo operadores do Brás teria havido cerca de 30.000 sacas ofertadas. Diante do grande volume os compradores esperam maiores quedas e por volta das 7:30 sobravam ainda cerca de 23.500 sacas. Os maiores preços observados por eles foram entre R$ 400,00/420,00.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE
Tags:
Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário