Feijão: Notícias de quebra na produtividade no Sudeste e Centro-Oeste vão ficando generalizadas

Publicado em 10/01/2017 17:20 e atualizado em 10/01/2017 18:58
639 exibições

Logo cedo, no campo, houve uma procura bastante forte. Os mais atentos compradores aproveitaram as primeiras horas e bateram o martelo entre R$ 120,00 e R$ 130,00, no Paraná, nota 8/8,5.

Logo depois, o produtor recuou e os compradores começaram a ficar preocupados, pois sabe-se que não há estoques nos empacotadores.

No Nordeste, as marcas que exigem melhor qualidade voltaram a pagar R$ 140,00 em Goiás e Minas.

As notícias sobre a quebra na produtividade no Sudeste e Centro-Oeste vão ficando generalizadas.

No Brás, nesta madrugada, foram ofertadas 11.000 sacas, restando 8.000 sacas às 7h30. Os preços foram R$ 150,00 para nota 9,5/9, R$ 130,00 para nota 8,5 e R$ 120,00 para nota 8.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE

Tags:
Fonte: IBRAFE

0 comentário