Feijão: Produtores no PR preferiram esperar e foram raros os negócios

Publicado em 17/01/2017 17:23 e atualizado em 17/01/2017 18:59
432 exibições
Sob pressão dos compradores e dos pseudoformadores de opinião, a maioria dos produtores da região dos Campos Gerais, no Paraná, preferiu esperar novamente a volta dos compradores.

Um experiente produtor comentava ontem: "Vender, se o comprador não quer, não dá certo. Vamos esperar um pouco".

Assim, foram raros os negócios, que aconteceram com feijões mais fracos, manchados ou de secador, na casa dos R$ 120,00.

Já em Minas Gerais, os números foram de R$ 120,00 até R$ 140,00 com prazo, depende da qualidade e da variedade.

Em São Paulo, na região do Brás, a oferta foi de 18.000 sacas e, às 7h30, sobravam 18.000 sacas. Os preços foram R$ 150,00 para nota 9,5/9, R$ 135,00 para nota 8,5 e R$ 125,00 para nota 8.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE
 
Clique AQUI e veja mais cotações do mercado de feijão
Tags:
Fonte: IBRAFE

0 comentário