Feijão, por Ibrafe: Com poucos negócios referências seguem entre R$ 110,00 e R$ 140,00

Publicado em 01/02/2017 18:27
222 exibições
Com os empacotadores relatando vendas ao varejo, o momento continua sendo de espera para que estes voltem a repor a qualquer momento. "Está vendendo preço, não a qualidade", reclamava ontem o comprador de uma das principais marcas da Bahia.

Um atacadista de grãos comentava, logo pela manhã, que se não fosse o pouco de feijão vendido daria para dizer que não estaria vendendo nada.

Neste clima, o mercado mantém as referências com poucos negócios por até R$ 110,00/115,00 no Paraná e, em Minas Gerais, R$ 130,00/140,00.

Em São Paulo, na região do Brás, a oferta foi de 23.000 sacas e, às 7h30, sobravam 20.000 sacas. Os preços foram R$ 125,00 para nota 8,5, R$ 115,00 para nota 8 e R$ 105,00 para nota 7.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE

Clique AQUI e veja mais cotações do mercado de feijão
Tags:
Fonte: IBRAFE

0 comentário