Ibrafe: Depois de um mês terrível, produtores optam por vender feijão mais barato

Publicado em 01/09/2017 17:20
562 exibições

A pressão de alguns dias parados foi demais para alguns produtores. Aos 48 minutos do segundo tempo entregaram o jogo. Sabe-se que cada um tem sua estratégia e contas para pagar porém, depois de um mês de agosto terrível vender mais barato no último momento parece ser um fim melancólico para tanto esforço. Mas aqueles que não optaram por esta alternativa estão apostando que para vender por R$100 ou menos é melhor apostar mais um pouco.

Vários relatam que tem fôlego até novembro e alguns até dezembro por isso sentem menos a pressão ao ver um mercado tão depreciado como nestes últimos dias. Hoje, durante um evento em Goiânia sobre irrigação ao ouvir uma explanação sobre o mercado financeiro do Brasil e as perspectivas com os atuais candidatos à presidência da república acreditem, o menor dos problemas que o Brasil tem hoje são os preços do feijão. Porém,  no horizonte muito mais próximo do que imaginamos o Brasil estará colhendo e vendendo feijões e pulses por valores internacionais.

A pesquisa está fazendo a sua parte  também sementeira os sementeiros também e muitos produtores já testam alternativas para o Feijão- carioca por que não desejam ter na sua história muitos momentos de mercado como dos últimos dias. A solução chama-se diversificação ter aquilo que o consumidor quer ir por um preço justo que o produtor merece. 

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE e a PÁGINA DO FEIJÃO.

Clique AQUI e veja mais cotações do mercado de feijão.

Tags:
Fonte: IBRAFE

0 comentário