Ibrafe: Compradores buscam ofertar abaixo dos preços praticados

Publicado em 13/09/2017 18:04
279 exibições

Durante o dia de ontem houve um menor número de negócios nas fontes. Rapidamente alguns compradores buscaram aproveitar a parada e ofertar abaixo, novamente, dos preços praticados na segunda-feira. Não se pode tomar estes momentos como sendo orquestrados pelos compradores.

Para começar, não há, com tantos interesses envolvidos, uma unanimidade e uma capacidade de mobilização tamanha para organizar centenas de corretores, especuladores, compradores e empacotadores. Então, a explicação é bem mais simples. O mercado estava com os preços reconhecidamente abaixo do custo. A partir do momento que muitos identificaram isso, e ainda estavam sem estoques, foram para as compras.

Agora estes têm produto suficiente para trabalhar alguns dias. Com que velocidade eles deverão voltar ao mercado? Para responder, precisamos prestar atenção ao seguinte fato: o Nordeste é um polo de consumo importantíssimo. Com cerca de 60 milhões de consumidores tem, sobretudo neste momento de queda de poder aquisitivo, um volume que poderá ultrapassar facilmente 1,3 milhões de sacas por mês. 

Quanto do Feijão danificado no Nordeste poderá atender esta demanda? Muito pouco. Ainda agora em setembro aquela região aparecerá com forte demanda. Primeiro consumindo os Feijões comerciais e, na sequência, as mercadorias de melhor qualidade também.

Para saber mais sobre o mercado de feijão acesse o site do IBRAFE e a PÁGINA DO FEIJÃO.

Clique AQUI e veja mais cotações do mercado de feijão.

Tags:
Fonte: IBRAFE

Nenhum comentário