Análise de mercado do feijão

Publicado em 11/06/2010 16:00 850 exibições

FEIJÃO CARIOCA  - 7h30 - Novamente ontem houve a confirmação da percepção dos  operadores de que a oferta é menor do que a demanda neste momento de feijão com melhor qualidade como o nota 9. O Paraná segue  comercializando os últimos lotes de melhor qualidade e já não atende  nem mesmo as necessidades locais. Em Minas novamente foi pago ontem R$ 140  por saco de feijão nota 9 ou melhor. Nesta madrugada em São Paulo o feijão nota 9 alcançou R$ 165.

Feijão Carioca 14h - Segue firme a procura por feijão carioca de todos os tipos nota 7 no Paraná foi vendido pela manhã por R$ 85, Goiania paga hoje R$ 150 por nota 9 e tem dificuldade de encontrar fornecedores. 

 

FEIJÃO PRETO -  7h30 - Com o preço do fardo no Rio em R$52/55 quem não tem um preço médio de aquisições prévias certamente enfrentará dificuldades pois o feijão argentino, ao que parece, está muito perto  do seu menor preço. Assim para empacotar feijão de US$ 740 por tonelada existe a necessidade de que se corrija o preço assim como já ocorreu no Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Minas Gerais. A referencia CIF permanece entre R$ 100/105 para feijão tipo 1.
 
Feijão Preto 13h30 - Aumentou a procura de brasileiros por feijão originado na Argentina. Varios fechamentos nesta sex-feira na base de US$ 740 por T. A tendencia é de que o mercado interno venha a sofrer pressão altista nos proximos dias.   


mercado atacadista

 

Preço da Saca de 60 kg

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor

 

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário