Leite: Mais um mês de alta no preço ao produtor

Publicado em 05/11/2012 10:39 657 exibições
O mercado de leite ganhou força com a captação em queda e a reação dos preços dos produtos lácteos nos laticínios e no varejo.

Os preços aos produtores subiram no pagamento de outubro, que remunera a produção de setembro. Foi o segundo mês de alta para os produtores de São Paulo, Minas Gerais e do Nordeste.

No Sul os preços também reagiram no pagamento de outubro.

Considerando a média nacional, o produtor recebeu R$0,804 por litro. Este valor é 0,8% maior em relação ao pagamento anterior.

Em curto prazo o mercado sinaliza estabilidade, com possibilidade de valorizações até o próximo pagamento, em meados de novembro.Após esse mês, além da produção crescente no país, com o pico de produção previsto para dezembro, o mercado se depara com um período no qual as vendas de lácteos normalmente caem.

Cabe destacar que com as chuvas, diminui a necessidade de suplementação nos sistemas produtivos a pasto, o que pode significar uma melhoria da margem para o produtor, mesmo com a previsão de mercado mais frouxo a partir de novembro.

Por:
Rafael Ribeiro
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário