Fala Produtor - Mensagem

  • GERALDO JOSE DO AMARAL GENTILE Ibaiti, Parana, Brasil - PR 18/11/2020 12:14

    Já que não há outro jeito, falemos então de política ....

    Ao contrário de muitos companheiros, sou a favor do acordo Bolsonaro/Centrão !

    Sei , sei, sei que no chamado "Centrão" estão muitos dos piores políticos do Brasil, corruptos, defraudadores, escória e ralé...mas, a verdade é que são tão legítimos em seu poder (vez que democraticamente eleitos) quanto o Presidente, Governadores e Prefeitos.

    Para que as Reformas sejam aprovadas é necessário o apoio do Centrão, tendo em vista que Bolsonaro não possui base de apoio própria e nem mesmo está filiado a qualquer partido. Neste País, não se governa bem (leia-se aprova-se projetos) sem o apoio do Presidente da Câmara, ou seja, do Senhor Maia. É absolutamente necessária a construção de uma base de acordo político para aprovação de projetos de interesse do Brasil. Maia, por sorte, é pessoalmente a favor das reformas Previdenciárias, Administrativa e Tributária. Mas, evidentemente, não dará apoio sem receber recompensas (sim, indicação de cargos etc) se é atacado dia e noite por uma tropa de radicais puristas. Sei que é difícil, mas isso é Política. Me lembra o General Eisenhower, comandante militar Americano na 2ª Guerra Mundial quando questionado pela nomeação de um General de caráter extremamente questionável quanto á ética e moral, mas muito eficiente na frente de batalha,para comandar o 2º Corpo Blindado: "Prefiro um filha da puta mijando da minha barraca para fora, do que ele mijando de fora dentro da minha barraca". É isso, sem apoio não se constrói um País e nem se governa. Vejam as incríveis conquistas de Temer, com tão pouco apoio no início do seu Governo e como conseguiu aprovar tantos projetos maravilhosos para a economia brasileira. Temer é um Governo a ser imitado. Radicalização e Pureza é muito bom para conversas entorno da lareira ou da churrasqueira, mas não é assim que se governa um Município, um Estado ou um País e, sim, com a criação de consensos e maioria no Congresso, mesmo pagando um "preço" pelo apoio dado. Não penso existir outra alternativa.

    13
    • Leodir Vicente Sbaraine Terra Roxa - PR

      Isso aí Sr. Geraldo, infelizmente é assim, hoje... Governar o País chama-se barganha olítica... Pena...

      7
    • Valcir Raimundo Ghizzoni GENTIL - RS

      ...Ou seja: A raposa passa a guardar o galinheiro, mas não esqueça o seu histórico.

      1
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Geraldo, quem conferiu legitimidade aos ladrões? ao STF? aos funcinários públicos? De onde surgiu que leis são inquestionáveis? Que o fundo partidário é uma coisa legitima? Que a proibição da candidatura avulsa é uma coisa legitima? Se formos discutir a legitimidade, nem digo legitimidade, mas somente as ilegalidades com que a maioria dos politicos assume cargos já bastaria para por 90% deles na cadeia. Que dizer então de não poder ser possivel criticar e falar mal do nhonho maia? O povo não possui legitimidade para fazer com que o projeto pelo qual votou seja cumprido? E há uma diferença muito grande entre ver a realidade, falar sobre ela e ser um purista. Se é para negociar com vagabundos coloquemos logo um profissional tipo o mula, não acha que está correto?

      21
    • GERALDO JOSE DO AMARAL GENTILE Ibaiti, Parana, Brasil - PR

      Valcir Ghizzoni: Na verdade, não! A Raposa se contenta com uma galinha apenas e em troca de dá a ração e os medicamentos para que as galinhas cresçam e engordem. Do contrário, as galinhas morrem de fome e de doença. É assim.

      4
    • marco antonio stahlschmidt Araquari - SC

      ...que vergonha, sr. Gentile, de Ibaiti-PR,...o sr. é a favor da corrupçao,.....

      1