Fala Produtor - Mensagem

  • adegildo moreira lima presidente medici - SC 06/10/2021 16:52

    O cone sul de Rondônia, centralizado na região de Cerejeiras, apesar das dificuldades no tocante aos insumos, pelo ritmo de incorporações de áreas de pastagens e de juquira, deverá apresentar uma expansão de aproximadamente 10% no tocante à lavoura de soja, impulsionada pelos bons resultados da última safra e pela disponibilização de crédito. Isto representa mais de 18.000 hectares novos naquela que é a região que mais produz grãos naquele estado

    3
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Se o preço cair serao os primeiros a perder por causa do peso do frete

      2
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sr. CARLO, conheço aquela região, nos idos dos anos 80 do século passado. Quando o recém Estado de Rondônia era chamado de "Califórnia Brasileira" pois, muitos desempregados do Sul e Sudeste na crise de 1983, pegaram suas famílias e foram explorar essas paragens. Quem conhece o Vale do Rio Guaporé, entende que ali é um lugar semelhante ao Vale do Rio Parapanema, que divide os estados do Paraná e São Paulo. Pensa numa fertilidade natural alta e uma topografia ideal para cultivo de commodities.

      2
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Agora imagine... Se a jazida de potássio às margens do Rio Madeira for viabilizada, essa região vai estar muito bem localizada e, a ferrovia que vai ser construída no MT para acessar os portos ao Norte do país. Em pouco tempo será mais lucrativo plantar nessa região do que no Sudeste pois, a distância para chegar aos mercados consumidores é muito menor ...

      4
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Sr Paulo muito obrigado pelos esclarecimentos ----So' tenho noçoes vagas porque assisto ao programa BRASIL VISTO DE CIMA da TV Brasil---Porto Velho e' bonita

      3
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sim, Porto Velho fica na margem do Rio Madeira, que são as águas proveniente da junção dos rios Guaporé e, do Beni que vem da Bolívia ou, mais precisamente da Cordilheira dos Andes.

      4
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Desculpe-me em citar tantas "bobeiras" mas, a fazenda onde eu trabalhava ficava na margem do Rio Guaporé. Do lado direito pois, o lado esquerdo já era a Bolívia e, a "estrada" na região eram os cursos d'águas. Nas épocas do "inverno" (chuvas) ficava fácil trafegar mas, no "verão" (seca) tinha lugares que tinha que descer do barco (voadeira, barco a motor), colocar ele na costa para atravessar o "baixio" ... Isso era mais comum nos afluentes do Guaporé, como o Rio Mequéns que atravessava a fazenda. São boas recordações !!! ALI O FILHO CHORA E A MÃE NÃO ESCUTA !!!

      4
    • adegildo moreira lima presidente medici - SC

      Toda a produçao do estado de Rondonia e do noroeste do Mato Grosso é exportada via Porto Velho/Itacoatiara e nao necessita mais vir para o centro-oeste ou sudeste, como acontecia no passado recente.

      4
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Eu fico deslumbrado com essas informaçoes... Enquanto o mundo esta' saturado o Brasil ainda oferece um monte de oportunidades... Essas oportunidades sao uma dadiva para as pessoas com GARRA... Aquelas que se estabeleceram debaixo de uma lona no meio do nada----Para esses coragiosos herois eu tenho a mais alta estima...

      6
    • Virgilio Andrade Moreira Guaira - PR

      Falta fazer a ferrovia de Vilhena a Porto Velho. E por que não de Vilhena até Lucas do Rio Verde ??

      1