Fontelles substitui Bertone na Secretaria de Produção e Agroenergia do Mapa

Publicado em 08/02/2012 13:55 394 exibições
O presidente executivo do CNC, Silas Brasileiro, agradece aos serviços pelo ex-secretário e acredita que Fontelles é o nome apropriado para a continuidade do trabalho.
Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (07), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) comunicou que o secretário de Produção e Agroenergia, Manoel Vicente Fernandes Bertone, solicitou exoneração do cargo ao ministro Mendes Ribeiro Filho. Para seu lugar, foi indicado José Gerardo Fontelles, atual diretor do Departamento de Cana-de-Açúcar e Agroenergia e secretário substituto.

Ao tomar ciência do fato, o presidente executivo do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, tornou públicos seus agradecimentos ao ex-secretário pelos quatro anos de excelentes serviços prestados ao setor. “O Bertone é um exímio conhecedor da cafeicultura nacional e mundial e muito fez pelo agronegócio café no Brasil nesse tempo em que permaneceu à frente da Secretaria”, enalteceu.

Ele também destacou a competência de Mendes Ribeiro ao manter Bertone no cargo até o pedido de exoneração. “A vontade do ministro em mantê-lo como secretário era grande, mas ele atendeu a um pedido pessoal. A partir de agora, deve-se usufruir do legado deixado por Bertone”, indica.

Brasileiro também parabenizou Mendes Ribeiro pela feliz escolha do novo titular da Secretaria. “Gerardo Fontelles é um excelente nome. Trata-se de um conhecedor da agricultura como poucos neste país, sendo, em nosso ponto de vista, a pessoa apropriada para dar continuidade aos trabalhos positivos e geradores de bons frutos ao agronegócio café desenvolvidos pela SPAE até hoje”, salienta.

Tanto a manutenção de Bertone, quanto a nomeação de Fontelles como seu substituto, segundo o presidente executivo do CNC, demonstram a habilidade de gestão e o interesse do ministro da Agricultura na defesa de uma cafeicultura brasileira cada vez mais forte. “Esse cenário vem rendendo grandes feitos à cadeia produtiva do café no País e, certamente, essa nova composição do Ministério continuará olhando com carinho para a cafeicultura, buscando formas de torná-la cada vez mais rentável e sustentável”, conclui.

Tags:
Fonte:
AI Dep. Silas Brasileiro

0 comentário