FCO Rural: Governo de MT consegue liberação de mais R$ 134 milhões

Publicado em 21/06/2012 07:17 695 exibições
O Ministério da Fazenda e o Banco do Brasil liberaram R$ 134 milhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO Rural) ao setor produtivo de Mato Grosso para os meses de junho e julho. Segundo a Superintendência Regional do BB, o aporte estará disponível aos produtores rurais mato-grossenses a partir desta quinta-feira (21-06). 

Em reunião com o governador Silval Barbosa na última segunda-feira (18-06), a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) solicitou mais recursos para o Fundo, tendo em vista que os R$ 316 milhões disponibilizados pelo FCO ao setor nos primeiros quatro meses do ano não foram suficientes, visto que a demanda era de R$ 330 milhões. "O governador entendeu a importância da liberação de mais recursos do FCO para o crescimento econômico de Mato Grosso e prontamente nos atendeu. Graças ao seu empenho junto com o Ministério da Fazenda e o Banco do Brasil em menos de dois dias os recursos foram liberados e já estão disponíveis aos produtores", enfatiza o presidente da Famato, Rui Prado. 

Prado explica que a reclassificação do porte dos produtores rurais no FCO, anunciada no início do ano, foi o que elevou a demanda pelos recursos no estado. "Tal modificação ajustou para cima a renda bruta máxima para algumas faixas de produtores. Com esta mudança os produtores mini, pequeno e pequeno médio abocanharam em torno de 92% dos recursos disponibilizados para os produtores rurais de Mato Grosso no primeiro quadrimestre de 2012". 

O aporte financeiro pode ser utilizado no setor de armazenagem, recuperação e reforma de pastagens, áreas degradadas, reserva legal e licenciamento ambiental dos imóveis rurais. O principal objetivo do FCO é contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região Centro-Oeste. 

Campeão - Mato Grosso é o estado líder em contratações do FCO Rural. Em 2011 foram liberados 1,9 bilhão em financiamento com recursos do Fundo em todo o estado. Para 2012 o orçamento previsto é de R$ 1,5 bilhão. 

A Famato é a entidade que representa os sindicatos rurais de Mato Grosso. Junto com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) forma o Sistema Famato. 
Tags:
Fonte:
Famato

0 comentário