Publicidade

Demarcação de terra indígena gera protestos no Norte do RS

Publicado em 03/10/2012 10:06 e atualizado em 03/10/2012 11:23 506 exibições
Lojas de portas fechadas e rodovia bloqueada foram marcas do protesto realizado nesta terça-feira por produtores rurais e comerciantes, no Norte, contra demarcações de terras indígenas. A situação regional é só uma parte do problema que causa tensão e incerteza em cidades e no campo. No Estado, estima a Procuradoria-Geral, 60 mil hectares são reivindicados por indígenas, o que provocaria impacto econômico e territorial nos municípios e exigiria dos cofres R$ 2 bilhões para indenizações. A revolta dos 1,2 mil produtores rurais da região é resultado do risco de perder suas terras, especialmente após a publicação de uma portaria pelo Ministério da Justiça delimitando a área indígena Mato Preto, que abrange áreas em Erechim, Getúlio Vargas e Erebango, no Norte.

Veja a notícia na íntegra no site do Zero Hora
Tags:
Fonte:
Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário