Maiakovski e Marãiwatsédé (ARTIGO SOBRE A DESOCUPACAO DA SUIA-MISSU)

Publicado em 15/12/2012 17:48 e atualizado em 17/12/2012 09:55 6568 exibições
Maiakovski, Poeta russo; após a revolução de Lenin… escreveu, ainda no início do século XX : (enviada por Adauto Carneiro).
Na primeira noite, eles se aproximam e colhem uma flor de nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem, pisam as flores, matam nosso cão. E não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles, entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E porque não dissemos nada, já não podemos dizer nada.

Depois Bertold Brecht escreveu:

Primeiro levaram os negros Mas não me importei com isso Eu não era negro Em seguida levaram alguns operários Mas não me importei com isso Eu também não era operário Depois prenderam os miseráveis Mas não me importei com isso Porque eu não sou miserável Depois agarraram uns desempregados Mas como tenho meu emprego Também não me importei Agora estão me levando Mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém Ninguém se importa comigo.


Cláudio Humberto, em 09 FEV 2007 escreveu:

Um dia vieram e levaram meu vizinho que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei . No terceiro dia vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram; já não havia mais ninguém para reclamar... Martin Niemöller, 1933 - símbolo da resistência aos nazistas.

6. Primeiro eles roubaram nos sinais, mas não fui eu a vítima, Depois incendiaram os ônibus, mas eu não estava neles; Depois fecharam ruas, onde não moro; Fecharam então o portão da favela, que não habito; Em seguida arrastaram até a morte uma criança, que não era meu filho...


Sócrates logo no dia da posse atacou os farmacêuticos. Eu não disse nada porque não sou farmacêutico. A seguir atacou os magistrados, também nada disse porque não sou magistrado. Depois foi aos médicos e enfermeiros. Também nada disso era comigo. A seguir congelou as carreiras dos funcionários públicos. Quero lá saber, eu nem sou manga de alpaca! Maltratou os polícias, os militares, os professores... Os padres também não escaparam. Aumentou os impostos. Aumentou a idade da reforma, a insegurança nas ruas, nas escolas e até nas nossas casas. Ah, mas criou “as novas oportunidades” , a insegurança, o crime, a violência, os “canudos”, os dias de férias e os Domingos…

Hoje bateu à minha porta com a Lei e atirou-me para a estrada. Já gritei e ninguém me ouviu. Até parece que a coisa só me afeta a mim!

O que os outros disseram, foi depois de ler Maiakovski . Incrível é que, após mais de cem anos, ainda nos encontremos tão desamparados, inertes, e submetidos aos caprichos da ruína moral dos poderes governantes, que vampirizam o erário, aniquilam as instituições, e deixam aos cidadãos os ossos roídos e o direito ao silêncio : porque a palavra, há muito se tornou inútil… - até quando?...

Maiakovski. Teoria Do Caos


O guru da Rose não gosta de maracutaia
Engenheiro metalúrgico convertido em numerólogo afirma a VEJA nunca ter sido apresentado a Rosemary Noronha e explica que sua terapia não protege corruptos

Malu Gaspar
Clique aqui para ampliar!

O senhor foi consultado por Rosemary? 
Nunca tive contato com essa senhora. E, mesmo que tivesse, de nada adiantaria. Minhas terapias não protegem contra punições por desvios éticos.

O que querem dizer "Djumzinando Limer" e "Gumbelzin Ori Valimando", as frases que ela acrescentava no fim de seus e-mails?
A primeira serve para estimular a libido. A segunda, para alavancar a capacidade empresarial de quem não a tem. A Rosemary deve tê-las copiado do meu site. Mas eu não aconselho ninguém a colocar mantras em e-mails. Eles podem se misturar às outras palavras e produzir um efeito totalmente diferente do pretendido.

Como são suas terapias?
Eu pego o nome todo da pessoa, avalio suas crenças e identifico os problemas. Então, monto palavras e faço mantras sob medida para resolvê-los. Eles devem ser repetidos por dez minutos todos os dias. São necessários de três a seis meses para funcionar.

Que nomes o senhor já avaliou? 
Entre os meus clientes estão Sandra Sá, que mudei para Sandra de Sá, e Chico Anísio, que virou Chico Anysio. Também já estudei, por minha conta, o nome de Lula. Descobri que, se tivesse permanecido Luiz Inácio da Silva, teria sido uma desgraça para ele. Mas o nome Lula, enxertado entre os outros, formou uma marca que gerou crenças no seu inconsciente. Isso produziu um efeito que o levou a ser quem é.

O senhor alterou o seu nome também? 
Meu nome é Gilson Chveid mesmo. Eu só acrescentei o Oen, uma combinação de letras que ajuda a equilibrar as forças conflitantes trazidas pelos dois primeiros nomes. Antes, eu tinha uma ansiedade que me fazia querer terminar as coisas logo, mas que, ao mesmo tempo, acabava me fazendo deixar tudo pela metade. Funcionou: a partir daí, construí um império à minha volta. E sem nunca ter entrado em maracutaia.
Tags:
Fonte:
(na) + VEJA.COM.BR

3 comentários

  • Izabel Lima Mococa - SP

    Se fosse comigo a história seria mais ou menos assim:

    Na primeira noite, eles se aproximam e colhem uma flor de nosso jardim. E não dizemos nada.APENAS PEGAMOS UMA 44 E METEMOS BALA NELES Na segunda noite, já não se OUVE NADA...E CONTINUAMOS A TRABALHAR, PLANTAR, COMO SEMPRE FIZEMOS!!!

    0
  • Luiz de Santana Junior Aracaju - SE

    Invadem nosso justo direito de possuir, esfacelam nosso ser, para justificar suas bestialidades e garantir o poder a quem vos insulflou e assim permanecer tudo como está, até que venha novo salvador e começar tudo de novo e assim a história se repetir mais uma vez.

    Luizinho Santana

    0
  • CARLOS ANTONIO ANATRIELLO Pirangi - SP

    É importantíssimo que todos vejam essa GRAVE DENUNCIA.

    http://www.youtube.com/v/YRuHMopKkfc?version=3&hl=pt_BR&rel=0

    0