Câmara adia votação da subvenção para agricultores nordestinos

Publicado em 13/03/2013 16:00
328 exibições
A votação da subvenção econômica para os produtores nordestinos de cana atingidos pela seca foi adiada para a próxima terça-feira (19). A pauta foi postergada em função do atraso no envio do relatório final da medida provisória 587 à Câmara dos Deputados. O documento, no qual consta a liberação do subsídio financeiro aos canavieiros, foi aprovado na última semana pela Comissão Mista Parlamentar.
Não foi ainda dessa vez, informa esperançoso Alexandre Andrade Lima, presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida). Ele diz que por duas vezes, ontem (12) e hoje (13), a subvenção deixou de ir para votação pelos deputados, mesmo agendada na Casa, por falta de tempo hábil para analise do relatório final, que demorou a chegar na Câmara. O dirigente conta que o documento já chegou, mas, não houve tempo para as lideranças partidárias aprovar a votação nesta semana, sem a necessidade de seção extra.
A subvenção entrou na MP 587, após uma emenda parlamentar do deputado pernambucano Pedro Eugênio (PT), solicitada pela Unida. Segundo a proposta, cada pequeno e médio produtor nordestino será beneficiado com R$ 10 por cada tonelada de cana fornecida às unidades industriais na safra 2011-12. Todos os presidentes das entidades estaduais de classe dos fornecedores nordestinos de cana estarão novamente presente em Brasília, para acompanhar os bastidores e a votação da MP, antecipa Andrade Lima.
Tags:
Fonte Unida

Nenhum comentário