Vazio sanitário: Agricultor pode ter propriedade interditada caso não cumpra determinação do Governo

Publicado em 13/06/2013 10:49 358 exibições

O vazio sanitário da soja será adotado em Mato Grosso entre os dias 15 de junho e 15 de setembro. Durante este período fica proibida a presença de plantas vivas do grão em lavouras, carreadores, às margens de ferrovias e estradas municipais, estaduais ou federais. O desafio maior é combater o principal problema enfrentado pelos órgãos responsáveis: a incidência da planta viva na beira de rodovias, que surge quando sementes da oleaginosa caem durante o transporte. No que diz respeito ao que pode ser feito, o produtor que desobedecer a determinação do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) neste período poderá sofrer a interdição da propriedade, ser denunciado junto ao Ministério Público por disseminação de doenças e pragas e pagar multas pesadas, que variam de acordo com a área atingida.

Veja a notícia na íntegra no site do AgroOlhar

Tags:
Fonte:
AgroOlhar

0 comentário