Austrália quer produzir mais alimentos para atender demanda mundial

Publicado em 23/09/2013 07:50
533 exibições

A previsão de aumento na demanda global por commodities agrícolas está animando produtores australianos. Segundo informações do site theaustralian.com, diversos setores do país estariam se preparando para fornecer alimentos para países asiáticos que estão em pleno crescimento econômico. 

O grupo Colliers Internacional, líder global em consultoria imobiliária, informou que investidores estrangeiros irão buscas terras na Austrália para produzir trigo, gado e uva para vinho. As propriedades de criação de gado no norte do país e a região produtora de trigo e aves para abate, no oeste do país, poderão ser beneficiadas. 

Alex Thamm, diretor de agronegócios da Colliers International, afirma que investidores querem aproveitar as oportunidades de exportar para a classe media em expansão na Ásia, e a Austrália é vista por compradores como uma aposta segura. "A Austrália aparece no radar desses investidores. Nosso ambiente político normalmente estável, Leis e regulações claras, mão de obra altamente qualificada e proximidade geográfica com os mercados asiáticos aumentam as oportunidades para o país", afirmou Thamm. 

Uma das commodities em demanda, segundo a Colliers International, é o açúcar, com uma previsão de aumento no consumo mundial de 2,5% ao ano. 

Outro site australiano, da organização de consultoria TSBE (Toowoomba and Surat Basin Enterprise), também aponta para as grandes oportunidades que o agronegócio traz para o país. Michael Matthewson, porta-voz de um um evento agrícola realizado em Toowoomba, na região de Queesland, afirma que o país não pode perder a oportunidade de suprir a demanda asiática por alimentos frescos. 

Ele afirma que a Ásia se tornará o centro mundial econômico e irá liderar a demanda por alimentos. "De acordo com estatísticas, a classe média asiática vai ser seis vezes maior e chegará a 3,2 bilhões de pessoas nos próximos 15 anos. Haverá uma grande demanda por alimentos de alta qualidade".  

Tradução: Notícias Agrícolas por Fernanda Bellei

Tags:
Fonte: tsbe.com.au + theaustralian.com

1 comentário

  • Luiz Alfredo Viganó Marmeleiro - PR

    "ambiente político estável, leis e regulações claras ", são demandas que os investidores internacionais mais que valorizam, e é um dos pés de barro do Brasil. Temos o solo, a chuva e o sol, mais a competência do nosso agricultor, só falta os governos fazerem a sua parte.

    0