Exportação garante o avanço das próximas safras na América do Sul

Publicado em 27/11/2014 11:56 100 exibições

O crescimento contínuo da safra de soja na última década colocou os países da América do Sul em posição de destaque no mapa do agronegócio mundial. De acordo com o Depar­tamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda), a região irá produzir 163,3 milhões de toneladas do grão na safra 2014/15, 5,4% a mais em relação à temporada passada (154,9 milhões de t). O volume representa 54% da produção mundial.

Apesar de significativo, o aumento da safra atual é considerado tímido em comparação com as previsões de longo prazo. Durante o 1.º Fórum de Agri­cultura da América do Sul, realizado no ano passado, projeções de mercado deram conta de que a colheita na região irá crescer um terço até 2023, chegando a 217,8 milhões de toneladas. Em nenhuma parte do mundo a agricultura avança tanto como na América do Sul.

Diante da evolução exponencial da agricultura na região, o desafio passa a ser a busca pela sustentabilidade para um avanço contínuo nos próximos anos, no mesmo compasso do ritmo da demanda global. Um desses pilares, talvez o mais importante, é a exportação. Segundo Usda, a região deve responder por 54% do comércio global da oleaginosa na atual temporada, com 62,6 milhões de toneladas.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário