Produtores gaúchos apostam em dois cultivos na safra de verão

Publicado em 20/01/2015 13:49
165 exibições

Ao percorrer o noroeste do Rio Grande do Sul durante o mês de janeiro, um novo cenário desponta na produtiva terra vermelha da região: o casamento próspero entre o milho e a soja na mesma safra. Enquanto a colheita do milho é acelerada, plantadeiras são preparadas para ocupar as áreas com a safrinha. A possibilidade de uma segunda janela de plantio, no mesmo ciclo de verão, poderá estancar a redução do cultivo de milho no Estado que, neste ano, encolheu pela primeira vez desde a década de 1970 a menos de 1 milhão de hectares. 

Pensando na safrinha, produtores gaúchos anteciparam em pelo menos uma semana o plantio do milho ano passado, especialmente nas regiões onde o inverno é menos rigoroso e a probabilidade de geada em agosto é baixa. Com 90 hectares do cereal cultivados em Chiapetta, no Noroeste, Ricardo Meneghetti, 54 anos, iniciou a colheita na semana passada. Pelo menos metade da área aberta já começou a ser ocupada com sementes de soja, que deverão germinar para serem colhidas no final de abril. — No ano passado, a safrinha rendeu 40 sacas por hectare, volume superior ao das lavouras plantadas no período normal (em setembro) — lembra Meneghetti, que tem outros 400 hectares destinados à soja no município.

Veja a notícia na íntegra no site do Zero Hora

Tags:
Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário