Arrozeiros aprovam linha de crédito do Banco do Brasil

Publicado em 02/04/2015 12:20
91 exibições
Instituição financeira libera R$ 7 bilhões para capitalização dos produtores

A notícia de que o Banco do Brasil está disponibilizando novos recursos para a capitalização dos produtores rurais foi comemorada pelo setor arrozeiro gaúcho. A linha de crédito, que libera R$ 7 bilhões pelo prazo de 120 dias especialmente para produtos contemplados pela Política Geral de Preços Mínimos (PGPM) era uma demanda da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) e de outras entidades junto à instituição financeira.

O presidente da entidade, Henrique Dornelles, destaca o esforço do Banco do Brasil em atender o pedido dos produtores rurais mesmo em um momento de contenção de recursos por parte de todo o sistema. Para o dirigente, o recurso vai dar apoio aos arrozeiros que buscam neste momento a compra de insumos para planejar a próxima safra. "Isso demonstra a cumplicidade do Banco do Brasil com o setor e o respeito e compromisso com as entidades que fizeram a demanda. Mesmo com as dificuldades, buscaram de forma criativa atender este pedido", observa 

Dornelles acrescenta que as negociações são flexíveis de acordo com cada caso e que os produtores podem procurar as agências para pedir informações sobre a linha de crédito. Na atual safra, o Banco do Brasil desembolsou cerca de R$ 53 bilhões para os agricultores, 13% a mais do que o registrado no período anterior.

Tags:
Fonte: Federarroz

Nenhum comentário