Seca no ES afeta agropecuária e produção cai 60% em Cachoeiro

Publicado em 13/09/2016 08:29
114 exibições

Os produtores rurais de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, estão se desfazendo da criação de animais por causa da falta de chuva que atinge a região. O município decretou situação de emergência por causa da seca, que afeta diretamente 2.500 propriedades rurais de diversos cultivos.

Em janeiro de 2015,  os prejuízos já ultrapassavam os R$ 3 milhões na agropecuária e R$ 12 milhões no café. Com temperatura que variam entre 25 e 34 graus, segundo o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), o calor castiga ainda mais.

“Com a falta d’água e a dificuldade de irrigação, diminuiu a produção de hortaliças e de café. Os córregos do município estão quase todos secos, os ribeirões estão com pouca água”, explicou Alex Leandro da Defesa Civil de Cachoeiro e informou que foram abertos poços e 300 caixas secas para ajudar na retenção de água.

Em uma propriedade no interior do município, o produtor tinha 30 animais, com a seca, o dono teve que se desfazer da maioria e atualmente tem 11 animais. Com o capim morto e para que esses não morram de fome, o produtor tem alimentado o gado com cana-de-açúcar.

Veja a notícia na íntegra no site do G1 ES

Fonte: G1 ES

Nenhum comentário