Período proibitivo de queimadas em MT deve ser prorrogado até outubro

Publicado em 16/09/2016 16:22
37 exibições
O estado enfrenta período de escassez de chuva e baixa umidade do ar. Período proibitivo de queimadas começou no dia 15 de julho.

O período proibitivo das queimadas em Mato Grosso, que terminaria nessa quinta-feira (15), deverá ser prorrogado até o dia 4 de outubro. O motivo são as condições climáticas, informou a Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Segundo a Sema, um decreto deverá ser publicado nos próximos dias sobre a mudança e existe a possibilidade de que a prorrogação se estenda até o final de outubro.

O estado enfrenta um período de escassez de chuva e baixa umidade relativa do ar em grande parte dos 141 municípios. Alguns estão há mais de 60 sem chuva, o que potencializa o risco do fogo, como foi o caso de Novo Santo Antônio, a 1.063 km de Cuiabá.

O período proibitivo de queimadas em Mato Grosso começou no dia 15 de julho. E, neste ano, houve aumento de 53% nos registros de foco de calor em Mato Grosso, que chegaram a 20 mil nos últimos dois meses, contra 9,88 mil do mesmo período do ano passado.

Desse total, 63% ocorreram em propriedades privadas, 22% em terras indígenas, 7,6% em assentamentos rurais e os demais 7,4% em unidades de conservação estadual, federal e região metropolitana da capital

Nessa quinta, instituições que integram o Comitê do Fogo, entre elas Corpo de Bombeiros, Instituto Chico Mendes de Conservação de Biodiversidade e Funai (Funai), fizeram reunião para oficializar e planejar o trabalho das próximas semanas.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - MT

 

Fonte: G1 - MT

Nenhum comentário