Queda na produção de alimentos aumenta a falta de estoque em supermercados

Publicado em 30/09/2016 08:06
152 exibições

Depois de quatro meses de queda, voltou a subir a ruptura nos estoques dos supermercados em agosto deste ano, segundo pesquisa da NeoGrid/Nielsen. A falta de produtos nas gôndolas aumentou, puxada sobretudo pela queda na produção de alimentos, em especial o feijão, o leite e seus derivados.

O índice que mede a falta de produtos ficou em 9,72% em agosto ante um patamar de 9,5% em julho.

A quebra da safra de feijão provocada pelo regime de chuvas e a menor produção de leite colocaram estes itens entre os que mais faltaram nas lojas no último mês. No caso do feijão, a ruptura foi de 15,24%. Na lista dos mais ausentes nas prateleiras, o feijão foi seguido pelo doce de leite, com ruptura de 14,68%, pipocas doces, com 14,64%, e leite longa vida, 14,39%.

Leia a notícia na íntegra no site Gazeta do Povo.

Fonte Gazeta do Povo

Nenhum comentário