Dimicron realiza quinta edição da sua Rota Tecnológica na região Sul

Publicado em 01/02/2017 12:12
137 exibições
Pela primeira vez, a empresa apresentará aos produtores rurais da região seu programa Sementes de Verdade, voltado a garantir o pleno potencial de cada semente e, com isso, ampliar a produtividade. Equipe do Notícias Agrícolas acompanhará a rota

A Dimicron, uma das maiores empresas de nutrição de plantas do Brasil, realiza até o dia 3 de fevereiro sua quinta edição da Rota Tecnológica no Sul do Brasil. A ação, que contempla palestra, em Nova Prata (RS), sobre a questão da qualidade do solo, com o professor doutor de solos, titular da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Telmo Amado, passará por municípios do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e reunirá uma equipe de mais de 100 profissionais do agronegócio, entre produtores, revendedores, técnicos e agrônomos.

Além de conhecer soluções da Dimicron para a lavoura em propriedades dedicadas à soja e ao milho, pela primeira vez, os participantes da Rota Tecnológica visitarão sementeiras nas cidades de Campos Novos (SC), Erechim (RS), Paulo Bento (RS) e Quatro Irmãos (RS). Lá, a Dimicron apresentará seu programa Sementes de Verdade, cujo foco é garantir a germinação da semente em seu pleno potencial, o que significa alto vigor da plantação e maior produtividade. Segundo dados divulgados pela Embrapa, o uso de semente de qualidade amplia a capacidade de produção entre 20% e 35% por safra.   

A empresa também apresentará in loco resultados do uso por um a dois anos do DimiLOM, produto direcionado para condicionamento do solo e que pode ser usado em todo tipo de cultivo, seja anual ou perene. “Oferecemos ao produtor conhecimento e soluções para que ele tenha o que é essencial para uma produtividade consistente e em constante melhoria. Além da qualidade da semente, o produtor rural precisa para isso de um solo vivo, com equilíbrio físico, químico e biológico, não apenas na superfície, mas também em profundidade”, diz Alyson Pereira, Gerente de Desenvolvimento da Dimicron.

“Vamos mostrar ao vivo e em cores o efeito do uso do ácido fúlvico, princípio do DimiLOM, no solo e sua capacidade de atuar na estrutura física e química, auxiliar na liberação dos nutrientes e contribuir para o melhor desenvolvimento da planta ao longo dos anos”, diz Pereira.

As apresentações focadas em solo ocorrerão em propriedades rurais das cidades de Nova Prata (RS), Lagoa Vermelha (RS), Capão Bonito do Sul (RS) e Campos Novos (SC).

Sobre a Dimicron

Junto à Maximus e Aminoagro, a Dimicron forma a Fertiláqua - uma das três maiores empresas de nutrição de plantas do Brasil. Controlada pela Aqua Capital, fundo de private equity com foco em agronegócios e alimentos, a Fertiláqua atua em todo o território nacional por meio de uma rede de mais de 300 funcionários, dos quais 100 são agrônomos especializados. Com sede em Indaiatuba (SP) e fábricas em Cidade Ocidental (GO), Cruz Alta (RS) e Cuiabá (MT), a empresa investe sistematicamente em pesquisa e inovação e na ampliação do alcance do Programa Construindo Plantas (PCP), um conjunto de produtos e serviços com objetivo de aumentar a eficiência de cada planta em todas as fases de seu crescimento.

Fonte: Fertiláqua

Nenhum comentário