Brasileiros vão à Bélgica representar país na 3ª edição do Youth Ag-Summit para debater agricultura e segurança alimentar

Publicado em 16/08/2017 10:57 e atualizado em 16/08/2017 11:58
1115 exibições

LOGO nalogo

O Brasil contará com cinco jovens representantes na 3ª edição do Youth Ag-Summit (YAS), que ocorrerá de 9 a 13 de outubro em Bruxelas, na Bélgica. O evento é voltado para a formação de jovens lideranças que vão debater questões ligadas à agricultura e segurança alimentar. Estados Unidos e Brasil são os países com maior número de representantes nesta edição, cinco cada.

O YAS recebeu inscrições de quase 1.200 jovens de todo o mundo, de 18 a 25 anos, que se interessaram em participar do congresso, mas apenas 100 delegados foram selecionados de 49 nacionalidades. Eles foram selecionados através de um concurso de redações em inglês sobre o tema "Como alimentar um planeta faminto?", seguindo os preceitos da ONU (Organização Mundial das Nações Unidas).

O jornalista Paulo Eduardo Palma Beraldo será um dos delegados brasileiros no evento. "É um privilégio e uma honra poder representar o Brasil em um congresso mundial que vai apresentar soluções para um futuro melhor em termos de agricultura sustentável. Nosso país deve ganhar ainda mais espaço no agronegócio internacional porque países com grandes áreas - Austrália, China e Rússia - têm características climáticas que impossibilitam aumentar muito a produção", afirma Beraldo.

15326437_10205779753893271_7561202628583611399_n.jpg
Paulo Beraldo é um dos cinco jovens brasileiros que vão ao Youth Ag-Summit (YAS)

O jovem jornalista destaca ainda que, diante desse cenário, muitas pessoas ao redor do globo vão depender do campo brasileiro nos próximos anos para se alimentar, especialmente quando o mundo atingir 10 bilhões de habitantes, em 2050. Paulo Beraldo é repórter do Estadão e editor do blog De Olho no Campo e já foi premiado com matérias ligadas ao agronegócio e meio ambiente.

O Brasil foi o segundo país com maior número de inscrições, com cerca de 170 redações, ficando atrás apenas da Indonésia. Do Brasil, além de Beraldo, também vai à Bélgica, a estudante de biotecnologia da Universidade de Brasília - Letícia Marques, a estudante de Relações Internacionais da PUC-MG - Tamires Lacerda, o estudante de engenharia agronômica da Universidade Federal de Santa Catarina - Augusto Akira e o estudante de engenharia agronômica da Universidade de São Paulo - Caio Cugler. O Youth Ag-Summit 2017 é uma parceria da Bayer com as associações belgas de agricultores, Groene Kring e Fédération des Jeunes Agriculteurs.

"Iniciativas como o Ag-Summit são muito importantes. Acho ótimo que empresas multinacionais tenham como objetivo impactar positivamente a produção de alimentos e a vida de estudantes, que não será a mesma após essa experiência. Os contatos, as chances e as oportunidades que se abrirão depois do Ag-Summit me parecem muito grandes e só posso agradecer de coração a todos os organizadores", pondera Beraldo.

Durante o congresso na Europa, os jovens escolhidos realizarão projetos em grupo, participarão de tours na indústria, e aprenderão com palestrantes especializados. O jovem brasileiro espera compartilhar seus conhecimentos no evento, mas também aprender com os outros participantes.

"A experiência dura alguns dias na Bélgica, mas sempre que possível vou divulgar, compartilhar e levar o que aprendi adiante. Espero ensinar com minhas experiências e aprender com as vivências dos outros colegas. Com certeza vamos criar uma rede de contatos duradoura que trará benefícios para todos os envolvidos", acredita Beraldo.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário