Estão abertas as inscrições para a segunda turma da Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio

Publicado em 23/04/2020 16:39 183 exibições
Iniciativa da Corteva Agriscience, em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC) e com a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), visa preparar as futuras líderes do setor

Começam nesta quarta-feira (22) as inscrições para a nova turma da Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio, iniciativa da Corteva Agriscience em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC) e Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG). Para participar do processo seletivo, basta acessar o link e preencher o formulário até 30 de abril. Ao todo, serão 150 vagas e as aulas terão início no dia 18 de maio.

O curso é gratuito e compreende 46 horas de aulas online e um encontro presencial em outubro, que também contemplará participação no 5° Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, realizado pelo Transamérica Expo, em São Paulo. Os módulos de capacitação incluem aulas sobre liderança, boas práticas agrícolas, temas regulatórios, ciência política, sustentabilidade, novas formas de governança, estratégias de gestão e comunicação.

“A primeira turma da Academia nos trouxe aprendizados muito importantes. Foram 20 mulheres que tiveram suas vidas transformadas e que, ao final da jornada, impactaram mais de outras mil mulheres em suas respectivas comunidades, fortalecendo as lideranças femininas. Esse é o nosso principal objetivo com a Academia de Liderança das Mulheres do Agronegócio: incentivar o protagonismo feminino e estimular cada vez mais mulheres a ocupar espaços de liderança”, afirma Rosemeire dos Santos, gerente de Relações Governamentais da Corteva Agriscience.

“Para a ABAG é de extrema importância participar de um projeto que incentive o protagonismo feminino no agro, setor que está cada vez mais em busca da igualdade de gênero em todos pilares da cadeia”, afirma Eduardo Daher, diretor executivo da ABAG.

“O programa é voltado para mulheres deste importante setor da economia brasileira, com o objetivo de estimulá-las, cada vez mais, a ocupar os espaços de liderança exercendo um impacto positivo, principalmente nas comunidades onde estão inseridas. A FDC acredita que a diversidade contribui com soluções mais inclusivas e assertivas para o mundo corporativo contemporâneo”, afirma Viviane Barreto, diretora de Internacionalização da FDC.

O projeto surgiu da demanda por mais atividades de capacitação e que permitam o acesso das mulheres a posições de liderança no setor. Segundo pesquisa global realizada pela Corteva Agriscience sobre a participação feminina no agronegócio, em 2018, 80% das brasileiras afirmaram ter o interesse de receber mais treinamento e oportunidades acadêmicas. O questionário contou com a participação de mais de 4 mil produtoras rurais de 17 países, das quais 500 entrevistadas eram do Brasil.

Sobre a Corteva Agriscience

A Corteva Agriscience é uma empresa agrícola global de capital aberto que oferece aos agricultores de todo o mundo o portfólio mais completo do setor - incluindo uma mistura equilibrada e diversificada de sementes, proteção de cultivos e soluções digitais focadas em maximizar a produtividade para aumentar o rendimento e a lucratividade. Com algumas das marcas mais reconhecidas na agricultura e um pipeline de produtos e tecnologia líder do setor, posicionado para impulsionar o crescimento, a empresa está comprometida em trabalhar com as partes interessadas em todo a cadeia alimentar, para cumprir o seu propósito de enriquecer a vida daqueles que produzem e consomem, garantindo o progresso para as próximas gerações. A Corteva Agriscience tornou-se uma empresa pública independente em 1 de junho de 2019. Antes dessa data, era a Divisão de Agricultura da DowDuPont. Mais informações podem ser encontradas em www.corteva.com.

Sobre a ABAG

Desde a sua criação em 1993, a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) tem trabalhado para o fortalecimento e o equilíbrio nas cadeias produtivas do agronegócio. O Brasil, um dos maiores produtores de alimentos, fibras e energia renovável do mundo, tem um papel estratégico para a segurança alimentar e energética do planeta. A ABAG, em 27 anos de existência, acredita na vocação do nosso País para o agronegócio e por tanto continua empenhada em sua missão de disseminar a importância desse setor para toda a sociedade. A entidade conta atualmente com 94 associados. Mais informações www.abag.com.br.

Sobre a Fundação Dom Cabral 

A Fundação Dom Cabral é uma das dez melhores escolas de negócios do mundo, segundo ranking de educação executiva do jornal britânico Financial Times. Em 2019 figurou no ranking como a melhor escola de negócios da América Latina e a melhor do Brasil pelo 14º ano consecutivo. Atua há mais de 40 anos com a missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade, por meio da educação, capacitação e desenvolvimento de executivos, empresários e gestores públicos.

Em 2019, mais de 20 mil executivos e gestores de organizações públicas e de empresas de pequeno, médio e grande portes privadas do Brasil e de vários países participaram dos programas da FDC. A instituição tem unidades próprias em Nova Lima (MG), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP) e por meio de seus 27 associados regionais, está presente em quase todos os estados do país.

Entre suas principais preocupações, está o paradoxo que hoje as empresas enfrentam entre prosperidade e progresso social.

Tags:
Fonte:
Corteva

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário