INTERNACIONAL: Norte-americana Cargill é a maior exportadora na Argentina

Publicado em 22/03/2010 14:09 735 exibições
A norte-americana Cargill vendeu, em 2009, um de cada cinco navios que deixaram a Argentina carregados com grãos e produtos agrícolas. Embora o ano passado tenha sido ruim para todos os cereais (os carregamentos totais do setor caíram de 71 para 52 milhões de toneladas), a Cargill manteve-se no primeiro lugar no ranking: 10,28 milhões de toneladas exportadas, 19,7% do total.
A lista dos principais exportadores de produtos agrícolas foi divulgada pela Bolsa de Comércio de Rosário, baseada em dados oficiais. Conclui-se, portanto, que duas outras multinacionais estrangeiras foram os segundo e terceiro lugares - a Bunge e a Dreyfus, com 14,2% e 11,1% dos embarques, respectivamente. Duas empresas nacionais, em seguida, aparecem na listagem. AGD exportou 9,8% dos grãos, farinhas e óleos. A Vicentín 6,25%. 

Com quase 44 milhões de toneladas exportadas em 2009, dez firmas exportadoras corresponderam por quase 85% dos embarques totais. Além das já citadas, participam desse grupo a Nidera, Molinos Rio da Prata, ADM Argentina, ACA e Toepfer. Em todos os casos, exceto a Vicentín, essas empresas registraram uma queda visível em seus volumes de vendas em relação a 2008, semelhante ao declínio que a colheita sofreu no ano passado de quase 30%. 

Para a nova temporada, a Bolsa de Rosário espera uma forte recuperação da produção agrícola e dos carregamentos agrícolas. A colheita está prevista em 90 milhões de toneladas e assim as exportações poderiam chegar a níveis entre 67 e 70 milhões de toneladas. Para 2010, a Bolsa de Rosário estima vendas de US$ 22.300 milhões, dos quais US$ 18.300 milhões serão provenientes da soja.

Tradução: Carla Mendes

Tags:
Fonte:
Clarín.com

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário