Concentrados energéticos estão mais baratos

Publicado em 26/03/2010 13:36 562 exibições
O mercado de componentes energéticos trabalhou em favor da redução dos custos de produção do pecuarista em março.

O milho grão, principal ingrediente energético utilizado no arraçoamento dos animais, continua sofrendo com a baixa liquidez do mercado ao mesmo tempo em que possui estoques elevados, o que vem derrubando os preços há três meses.

O insumo é vendido, em média, a R$325,00 a tonelada em São Paulo. No primeiro trimestre deste ano, os preços do milho já acumulam queda de 8%, de acordo com a Scot Consultoria.

O sorgo, utilizado como substituo ao milho, também está mais barato e sua desvalorização foi ainda maior, 15% nos três primeiros meses do ano. Em relação fevereiro, em São Paulo, o insumo está 8% mais barato.

Para a polpa cítrica, o mercado está bastante restrito. Com a entressafra da laranja, a disponibilidade do produto está muito pequena, e a previsão é que a oferta se restabeleça somente a partir de junho com a entrada da próxima safra.
Tags:
Fonte:
Pantanal News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário