Fiscais analisam uso e comércio de agrotóxicos

Publicado em 01/07/2010 08:51 225 exibições
Por ano, são realizadas 40 mil inspeções no País.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e as Agências de Defesa Agropecuária nos estados realizam, por ano, cerca de 40 mil fiscalizações de agrotóxicos. Em 2009, foram registradas 17.962 ações sobre o uso de agrotóxicos e 19.507 vistorias em canais de distribuição. Nesse período, mais de um milhão de toneladas de produtos foram inspecionados, envolvendo o trabalho de 2.268 profissionais.
 
 “Verificamos se o produto está sendo utilizado na cultura indicada, o local de estocagem, se o agricultor usou receituário agronômico na compra e se o aplicador tem Equipamento de Proteção Individual (EPI)”, ressalta o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins da Secretaria de Defesa Agropecuária, Luís Eduardo Rangel.

Distribuidores - Em relação ao número de canais de distribuição de agrotóxicos houve aumento de 10,5%, em 2009, saindo de 7.930 para 8.766. Na fiscalização de revendas, os destaques foram os estados de Tocantins, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, que realizaram mais de cinco ações em cada empresa. O número de receituários fiscalizados no País alcançou 13.582, sendo Minas Gerais responsável por 6.504 e Mato Grosso por 2.022.

Educação Sanitária - Em 2009, os estados promoveram 443 ações de educação sanitária relacionadas ao uso de agrotóxicos. Além disso, 1.141 produtores foram capacitados sobre a importância do manejo integrado de pragas para o uso racional desses produtos. “Essas iniciativas reforçam o objetivo do Ministério da Agricultura de promover a sustentabilidade na produção de alimentos”, enfatiza o secretário de Defesa Agropecuária, Francisco Jardim.

Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário