Justiça Federal suspende compra de terras para reforma agrária no MS

Publicado em 25/01/2011 08:15 365 exibições
A Justiça Federal proibiu a aquisição de terras para a reforma agrária em Mato Grosso do Sul. Há suspeita de fraude na distribuição de assentamentos.

O superintendente do Incra em Mato Grosso do Sul, Manuel Furtado Neves, disse que está preparando o recurso e que até o final da semana deve apresentá-lo à Justiça Federal.

A suspensão da compra de terras para a reforma agrária foi pedida pelo Ministério Público. Federal depois que investigações feitas pela Operação Tellus, realizada em agosto de 2010, comprovaram o esquema de venda e fraude na distribuição de lotes em assentamentos rurais.

Pela decisão, as compras só serão retomadas quando o Incra fizer um levantamento de todos os lotes ocupados em dez municípios da região sul do estado. A intenção é saber se as ocupações foram feitas regularmente. O Incra tem 45 dias para fazer a implementação das medidas para dar início aos trabalhos.

O procurador regional do instituto em Mato Grosso do Sul, Nézio Nery de Andrade, disse que o instituto vai fazer o levantamento ocupacional dos assentamentos independentemente da decisão da Justiça sobre o recurso.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário