Ministério da Agricultura estipula novas regras de armazenamento

Publicado em 29/07/2011 07:50 380 exibições
Em todo o país existem 17 mil unidades de armazenamento, muitas foram construídas há décadas e serão as mais atingidas pelas novas regras.

As adequações afetam a recepção, secagem e conservação dos grãos. Entre as melhorias exigidas estão sistemas de ventilação mais modernos, temperatura, combate à incêndio e controle de pragas.

As mudanças também são uma forma de garantir presença no mercado internacional, até porque, grande parte da produção brasileira é exportada e os compradores estão cada vez mais exigentes.
A China, por exemplo, já recusou carregamentos brasileiros que estavam mal conservados.

De olho nas novas regras, 150 representantes de todo o país reuniram-se na Embrapa para discutir as medidas do Ministério da Agricultura.

O prazo para adequações é de cinco anos, mas a intenção é que os ajustes comecem imediatamente. Futuras unidades serão construídas e segundo a Associação Brasileira de Pós-Colheita, 20% dos armazéns não têm como se adequar e serão demolidos.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário