Agricultores de PE cultivam mamona usada em biocombustível

Publicado em 03/10/2011 07:49 226 exibições
Os agricultores do sertão de Pernambuco comemoram a colheita da mamona. Os grãos têm a venda garantida para empresas que produzem biocombustível.

Agricultores de Betânia e de outras 13 cidades do sertão de Pernambuco resolveram investir na mamona no início deste ano. Por meio de um acordo, a Petrobrás forneceu as sementes. Foram plantados 1,6 mil hectares.

A compra dos grãos foi efetivada pela Petrobrás e a mamona plantada em Pernambuco vai virar biocombustível em uma usina do Ceará. Um técnico agrícola da empresa ficará encarregado de fazer o transporte das sacas. O produto é pesado e colocado em caminhões.

O agricultor Maurício Sena colheu quatro toneladas, o que equivale a aproximadamente R$ 2,5 mil, lucro que deixou o agricultor animado para continuar cultivando a mamona.

A Petrobrás está comprando a mamona já descascada por R$ 1,14 o quilo. A mamona com casca saindo por R$ 0,61 o quilo.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário