Subcomissão do Mercosul debate preços de máquinas e implementos agrícolas praticados no Bloco

Publicado em 26/10/2011 07:11 216 exibições
A subcomissão especial criada para tratar das assimetrias do Mercosul em relação ao setor rural brasileiro realiza nesta quarta-feira, 26, às 14 horas, na sala da presidência da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, reunião de audiência pública para debater as diferenças nos preços das máquinas e implementos agrícolas praticados nos países membros do Bloco Econômico.  

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS), que propôs a criação da subcomissão e relator do colegiado, afirma que as disparidades são prejudiciais aos produtores brasileiros. “Um trator John Deere 5605, pro exemplo, produzido no Rio Grande do Sul é vendido na Argentina por R$ 54 mil. Por aqui, o preço dessa maquina ultrapassa os R$ 90 mil, quase o dobro do valor. E assim é com outras máquinas, implementos e insumos agrícolas”, reclama.

Foram convidados para participar do encontro os secretários da Receita Federal, Carlos Alberto Freitas Barreto; de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Célio Brovino Porto; e Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Caio Rocha; os presidentes da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Luiz Aubert Neto; e da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Carlo Lovatelli; e representantes dos ministérios da Fazenda; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; e das Relações Exteriores.

Tags:
Fonte:
AI Dep. Luis Carlos Heinze

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário