Brasil prorroga a importação de adubo

Publicado em 24/11/2011 06:19 361 exibições
Apesar de estar em discussão desde 2008, o plano do governo federal de reduzir a dependência da importação de adubos ainda não surte efeitos práticos. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abatecimento (Mapa) informa que as ações dependem do Ministério de Minas e Energia (MME), que ainda discute o assunto. A previsão inicial era de que o plano de fertilizantes ficasse pronto em junho de 2009.

O Brasil usa cerca de 28 milhões de toneladas de fertilizantes por ano e 70% desse volume são importados, conforme os dados oficiais. No caso do potássio (4,7 milhões de toneladas/ano), a dependência é estimada em 90%. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Brasil é o país mais dependente de adubos importados entre os principais produtores de grãos do mundo. Nos Estados Unidos, a dependência é calculada em 19% e, na Argentina, em 23%.

Veja a notícia completa no site da Gazeta do Povo

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

1 comentário

  • Flávio Pompei Uberaba - MG

    Soluções para o suprimento nacional de fertilizantes básicos exige visão de futuro e planejamento de longo prazo. Isso é tudo que PTismo não tem e que a classe política ignora (em causa própria, obviamente...).

    0